Seja bem-vindo (a) ao Hospital da LAPA

Marcações online : aqui
  Contacto : 22 550 28 28

História

História

A construção de um Hospital foi uma das primeiras ambições da Irmandade de Nossa Senhora da Lapa, a qual, contudo, só foi possível materializar em 1902. Foi no ano de 1900 que D. Luzia Joaquina Bruce fez saber à Mesa Administrativa a sua vontade de legar um prédio destinado a ser vendido, de forma a permitir a construção do edifício. A primeira pedra do Hospital, edifício de inspiração neoclássica desenhado por Joaquim Pinto Basto, foi lançada em 18 de Agosto de 1902, aniversário do falecimento de João António Lima, em memória de quem D. Luzia Joaquina Bruce quis que ele fosse erigido. Pouco tempo depois chegou a notícia, acolhida com entusiasmo pela Mesa Administrativa, de que o Rei D. Carlos decidira conceder ao Hospital o título de Real. Refira-se que este título foi abandonado após a implantação da República.

As obras do corpo central do Hospital da Lapa depressa foram concluídas e o edifício foi inaugurado, com grande pompa, em 28 de Setembro de 1904. Nas primeiras décadas do século XX o Hospital er
a um dos mais avançados do nosso país: no ano de 1913 já tinha aquecimento e, dois anos mais tarde, foi dotado de iluminação elétrica.

A edificação da Ala Sul – denominada Ala Nova – teve início em 1916, mas esteve parada por longos anos por falta de verbas, tendo a obra sido concluída em 1948, com a importante verba que a Condessa de S. Tiago de Lobão determinou doar à sua morte. O Pavilhão Poente começou a ser construído em 1971, tendo-se dado por concluído em 1973. A construção do Novo Bloco Operatório, ao nível dos melhores, remonta a 1992, tendo sido inaugurado a 11 de Fevereiro de 1995 pelo Ministro da Saúde, Exmo Sr. Dr. Paulo Mendo e pela Mesa Administrativa.

Nas últimas décadas merecem especial destaque a inauguração do Serviço de Atendimento Permanente; a remodelação da “Ala Comendador José de Sousa Faria Júnior”; a modernização do Serviço de Neonatologia, a renovação da “Ala Dr. Luís Almeida d’Eça”; a criação do novo Serviço de Obstetrícia e Ginecologia, sala de partos, salas de recobro para parturientes e recém nascidos e uma sala com meios aquáticos para partos; a criação das condições necessárias para a instalação de um Serviço de Imagiologia e a constante realização de obras de remodelação e conservação.

O sonho realizou-se, renovando-se em cada projeto, e alimentando a vontade de crescimento e atualização que anima o HOSPITAL DA LAPA. Ao longo destes últimos 110 anos, o Hospital continua a ser uma instituição de referência na saúde no Porto e no Norte do País.